PrimaNota.ru - самый крупный в мире бесплатный архив песенных текстов, аккордов, табулатур и нот


Gnr - Ao Soldado Desconfiado - аккорды и текст, видео

Регистрация Запомнить меня
Войти через:  Facebook Google Twitter Vk Yandex Mail.ru

Gnr - Ao Soldado Desconfiado - аккорды и текст, видео

Печатать
Просмотров: 68
Ao Soldado Desconfiado
Gnr
email: jeremias.o.fora.da.lei@gmail.com

GNR - Ao Soldado Desconfiado

Em               Bm              C        F#
  Diz-me se és o meu reflexo, Oh fonte vulgar
  Em                     Bm          C            F#
  Diz-me onde esconder a arma que eu soube enferrujar
  Em                   Bm        C                      F#
  Castro com castro edificas, eu castro o gesto a que incitas
  Em                   Bm         C           F#
  Estátua de orgulho gelada sobre esta água parada

C            G               Dm          E               C
  O vento de amanhã quando soprar desagregará o tempo presente
                 G              Dm              E               C
  A memória da batalha clássica foi-se, a bandeira ser-me-à indiferente
                G             Dm     E            C
  Vim para devolver as cidades aos intoxicados da terra
           G             Dm          E
  Será nos gabinetes que se ditará a nova guerra

Em               Bm            C        F#
  Sempre que fui combater rastejei pelo chão
  Em             Bm            C                   F#
  Onde nem a beladona cresce tocando o musgo com a mão
  Em            Bm        C          F#
  Descarnado de alma, mas mantendo a calma
  Em    Bm   C          F#
  Dilacerado esforço em vão

C                G        Dm      E          C
  O vento de amanhã esfuma os viciados do controle
                   G            Dm     E         C
  O cheiro a carne assada humana será uma recordação
                 G         Dm      E           C
  Nem mais um soldado anónimo dormirá neste caixão
               G           Dm      E           Em
  Sonhando arrogante com o nome da sua batalha banal

Em Am D Bm (x4)

C            G               Dm          E               C
  O vento de amanhã quando soprar desagregará o tempo presente
                 G              Dm              E               C
  A memória da batalha clássica foi-se, a bandeira ser-me-à indiferente
                   G            Dm     E         C
  O cheiro a carne assada humana será uma recordação
                 G         Dm      E           C
  Nem mais um soldado anónimo dormirá neste caixão
    G          Dm          E                 C
  Sonhando arrogante com o nome da batalha banal

G Dm E Em
Добавлено: 03.08.2013
Другие материалы по этой песне:
  • Аккорды и текст

Страница создана 03.08.2013
http://primanota.ru/gnr/ao-soldado-desconfiado-chords.htm
Привет, Гость.
Предлагаем пройти революционный курс по гитаре.
Подарок от PrimaNota.Ru, забирай!